Pequenos criativos

6F634DEC-DB0A-48BA-83BA-01E15C7635B3.JPG

Escuto sempre que meus filhos são muito criativos e acho engraçado. Primeiro porque os adultos colocam a criatividade nesse lugar meio mágico, meio artístico e inacessível. Para ser criativo precisa ter desenvoltura diante das câmeras, precisa não ter vergonha nas apresentações, precisa ter uma coisa, um tcham, um borogodó. Os pais buscam desenvolver essa característica, colocando os pequenos em aulas de arte, teatro, música. Mas na hora que a criança responde a um comando de forma diferente, na hora em que a criança encontra outros caminhos para aquilo que é mais convecional, os pais se assustam, refutam, inibem, dizem não. E assim, aos poucos, vão matando a criatividade que nasce em cada um de nós.

Estimular a critividade passa justamente por dar liberdade, por permitir, autorizar. Passa por não ter medo, por fantasiar. Passa pelo respeito as ideias dos pequenos, passa por apoiar decisões diferentes, incomuns. Passa por permitir o erro, o questionamento e por aceitar que nossos filhos conseguem encontrar caminhos e respostas que não são as nossas. E isso é ótimo.