Grávidas

Imagina aquela amiga que tem um emprego legal, um companheirx bacana e está gestando um filho saudável. Quando você pensa nessa mulher, que sentimentos vêm imediatamente à sua cabeça?

 

Será que você  pensou em tristeza? Dificilmente. E sabe por que? Porque acreditamos no mito da gravidez como sinônimo de perfeição, de conquista. É uma pressão social velada, romantizada e bem machista de nossa parte. Entenda e aceite: nem toda mulher quer ser mãe, nem toda mulher precisa ser mãe para se realizar, nem toda gravidez é um conto de fadas (aliás, tem umas que são a própria hora do terror!)

Essa tal pressão social faz com que a gente espere que essa mulher esteja (muito) feliz, (extremamente) realizada e (verdadeiramente) grata por tudo o que ela tem. Qualquer sentimento fora desse script não tem espaço, não merece atenção, não é levado a sério.

Tenho conversado com muitas mulheres e, para grande maioria, a gestação é um caminho esquisito, de muitas transformações, muitas mudanças de paradigma, muitas descobertas. Mesmo sem querer ou sem perceber, chegamos nas nossas sombras, nos nossos medos. E quem gosta de encarar fantasmas?

É assim para todas as mulheres? Não, claro que não. Cada uma vivencia esse período de uma maneira, mas algo muito natural de acontecer é a gente perceber as esquisitices, mas não querer se debruçar sobre o assunto. Deixamos para lá, varremos para debaixo do nosso super tapete. E tudo bem, cada uma sabe de si, mas no final, acho que não estamos nos gestando como mães. Nessa hora, toca Lenine: “mesmo quando tudo pede um pouco mais de alma, a vida não pára”.


Precisamos exercitar o não julgamento entre mães. Precisamos acolher as angústias umas das outras de coração mais aberto. Então, sabe aquela amiga lá de cima do texto? Quando encontrar com ela, pergunta como ela está, como ela está se sentindo, se ela está com algum medo, alguma angústia. Se mostre aberta a ouvir, a trocar. E se você mora em Brasília, marca uma hora comigo! Vai ter escuta terapeutica e massagem com óleos essenciais <3