Tribo

Existe um ditado africano que diz que é preciso uma tribo inteira para cuidar de uma criança. Quando se tem filho perto da família maior e é possível contar com o apoio de pai, mãe, sogra, tios e irmãs, essa frase talvez não faça tanto sentido, porque você não pensa sobre essa incrível rede de afeto que existe tão naturalmente. Aquelas pessoas estão ali, dispostas a ajudar, doando seu tempo e seu amor para a criança que acabou de chegar e para a mãe que acabou de nascer.

Não ter essas pessoas por perto torna tudo muito mais duro e difícil, afinal, é preciso uma vila inteira para cuidar de uma criança. Mas veja só, que ironia do destino: consegui formar a minha vila, no meio da selva paulistana. Cheguei sem conhecer ninguém na cidade, tive meus filhos e aos poucos, fui encontrando outras mães. As crianças foram para a escola e lá existia uma extensão de casa. Fiz amigos. Criei laços. Aí teve a internet, esse monstro da exposição e sua desconhecida generosidade. Pessoas dispostas a trocar, a cuidar, a se doar. Por mim, para mim, para meus filhos. Outros adultos que cativaram minhas crias e são referências para elas, lugares seguros. Pousos.

Mas eu não sabia da importância disso. Não entendia o quanto precisava desse rede, dessas pessoas. Não dimensionava a relevância dessa troca para as crianças e também para mim. Estar em grupo, em bando, em tribo, é fundamental para poder ser mãe em sua plenitude. E isso significa apenas poder contar com outras pessoas. Significa ter outros pares além do seu par.

Fomos para uma cidade menor em busca de outras coisas que julgávamos mais relevantes: espaço, tempo, calma. E lá estavam todas essas coisas, mas agora não tínhamos mais a nossa rede. Estamos sós e assim nos sentimos. Mas a vida é muito sensacional e sempre se encarrega de colocar tudo no lugar, ensinando que é preciso paciência.

Uma rede se tece. Com muito amor e dedicação. Minha rede real está em São Paulo e eu serei sempre grata por cada uma das pessoas que fazem essa rede ser incrível, mas existe uma rede virtual muito linda sendo construída dia a dia através do instagram, através do facebook e até por email. Essa é a grande vantagem de se mostrar verdadeiramente. Aliás, uma das únicas, eu diria. Então, que bom que você esta lendo esse texto, Saiba que você é importante para mim, para que eu continue aqui, firme e forte. E obrigada pela troca intensa de sempre. #nodramamom