Atenção: aqui moram crianças

Era uma casa muito engraçada. Tinha teto e mais nada. Mais nada seria uma injustiça, na verdade. Por que tinha muitos brinquedos espalhados. Não tinha tapete, para evitar manchas. E tinha piso riscado de tantas apresentações de teatro infantil e cadeiras arrastadas para o público se sentar. Tinha cama desforrada no meio do dia, deixando claro que alguém havia passado ali para uma guerra de travesseiros. Tinha migalhas na cozinha e na sala e no quarto, porque comida gostosa deve ser compartilhada. Tinha mancha de tinta em algumas paredes, porque é muito difícil domar o gênio dos artistas. Tinha a porta sempre aberta, porque receber os amigos é uma das maiores alegrias de uma casa. E tinha também um sofá que era lindo, mas se tornou base de saltos para crianças destemidas e mães tranquilas. Nessa casa um tanto bagunçada, as crianças são felizes e os pais aprenderam que eles crescem logo. Dentro de poucos anos, a casa voltará a ser impecável, com tudo no lugar e que saudades vamos ter de toda essa loucura que é conviver com crianças. #nodramamom